Notícia Passada e Querida

Posted on April 11, 2013

0



               Professor da Ufal ganha prêmio no Canadá

Artigo científico foi considerado o melhor em conferência

Esse texto é notícia velha, de novembro de 2011. Eu resolvi publicá-lo  aqui no blog meio que  “para guardar”, porque  foi a coisa mais legal que eu escrevi para o trabalho. Tem várias coisas que tornam ele bacana pra mim: foi um “furo”, porque a infomação chegou por email através de um repasse  do Professor Alejandro Frery, quando o evento no  Canadá ainda estava acontecendo; porque  eu pus uma dedicação única e exclusiva em traduzir o resumo do artigo, e para isso eu tive um bocado de ajuda online dos amigos com os termos técnicos de TI , principalmente de  Alisson Tenório; porque eu “invadi” o Facebook do cientista em questão, que foi bacana e leu primeiro:  ele pediu uma mexidinha no 1º parágrafo, mas a tradução do abstract, aprovou sem ressalvas; porque ele foi perfeitamente revisado, e tendo começado por volta das 16:30 no trabalho eu terminei ele às 22h30 em casa; porque quando eu publiquei no site da Fapeal e , logo em seguida, no twitter de lá, como de costume, para então mandar para a Presidenta que pediu a matéria,  e para o Secretário de C,T &I, mas não precisei, porque de repente apareceu post dele com a notícia na timeline do meu Facebook; porque, diferente de todo o resto, eu fiz questão de assiná-lo. Enfim, porque foi uma coisa simples que deu gosto e todos precisamos disso, assim.

:]

O professor Heitor Ramos, da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), teve artigo premiado em evento científico no Canadá, com trabalho que usa o poder computacional da nuvem para otimizar a tecnologia de GPS (Sistema de Posicionamento Global) para dispositivos móveis. O GPS é uma tecnologia que utiliza o sinal de satélites, sendo aproveitada amplamente em veículos e celulares.

A pesquisa, assinada por seis co-autores em colaboração internacional, recebeu o Best Paper Award (Prêmio de Melhor Artigo), na conferência ACM Sensys 2012, realizada entre os dias 6 e 9 de novembro, no Canadá. O evento é um dos mais prestigiados e rigorosos na área de redes ou sistemas embarcados, que são microcomputadores de uso específico, completamente embutidos no aparelho que controlam, usados nos itens mais diversos, de MP3 players a semáforos.

A conferência é avaliada com o indicador A1 de mais alta qualidade científica pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), agência federal de apoio à formação científica, e uma das principais parceiras da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal). Este ano, a taxa de aceitação do evento foi de apenas 19%, ou seja, de todos os artigos submetidos, só esta quantidade atendeu aos pré-requisitos necessários para serem comunicados na ocasião.

Ramos, premiado também pela Microsoft em 2010, é formado em engenharia elétrica, com mestrado em modelagem computacional pela Ufal e doutorado em ciências da computação na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), instituição à qual o artigo premiado está vinculado. Atualmente, ele é professor adjunto do Instituto de Ciências da Computação da Ufal.

Parceiros

A Fapeal colaborou com auxílio financeiro em dois projetos do pesquisador: Análise de Desempenho de Redes de Sensores sem Fio, de 2008 a 2009, e Modelos Matemático-Computacionais com Aplicações em Problemas Complexos, com execução desde 2010 até 2013.

O objetivo deste último é criar condições necessárias para o avanço científico e o desenvolvimento tecnológico na academia, em áreas relevantes e inovadoras de Matemática, Matemática Computacional e Aplicada, Engenharia e Biologia. Trata-se de pesquisa ligada ao Programa de Apoio a Grupos de Excelência (Pronex), executado pela Fapeal em parceria com a Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Secti) e com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Núcleos de excelência são equipes multidisciplinares de pesquisadores com experiência consolidada, capazes de desenvolver projetos colaborativos. Trata-se de apoio distinto ao concedido pela Fapeal através do Programa de Apoio a Grupos Emergentes (Pronem), que se dirige a grupos científicos ainda em fase de estruturação.

Veja a tradução do resumo do artigo Energy-Efficient GPS with cloud offloading GPS:

Eficiência Energética de GPS através de descarga em nuvem

Posicionamento é um serviço fundamental para a computação móvel. Receptores de GPS típicos, embora extremamente acessíveis, consomem energia demais para serem úteis em determinadas aplicações. Observando que, em vários cenários de sensoriamento, a informação de posicionamento pode ser pós-processada quando se faz o upload dos dados para um servidor, nós desenvolvemos uma solução de GPS com descarga em nuvem (CO-GPS) que permite a um dispositivo de sensoriamento impor um ciclo de trabalho agressivo ao seu receptor de GPS e registrar apenas o necessário de sinal GPS bruto para pós-processamento. Fazendo uso de informação publicamente acessível, como a efeméride de satélites GNSS e a base de dados de elevação terrestre, um serviço em nuvem pode derivar posicionamentos GPS de boa qualidade a partir de poucos milissegundos de dados brutos. Usando nosso design de uma plataforma de dispositivo sensorial portátil, chamada CLEO, nós avaliamos a acurácia e eficiência da solução. Em comparação a mais de 30 segundos de processamento pesado de sinais em receptores de GPS off-line, nós conseguimos alcançar três ordens de magnitude a menos no consumo de energia a cada determinação de posicionamento.

Advertisements
Posted in: JOURNALISM, SCIENCE